Arquivo mensal: janeiro 2015

O Abutre em todos nós

De vez em quando aparece um daqueles filmes incômodos com aquele personagem ou roteiro incômodo que em sua falta de escrúpulos nos assusta porque de certa forma nos reflete. Acho justo analisar “O Abutre” (Nightcrawler – 2014) sob essa categoria.

abutre 3

Em “O Abutre”, Jake Gyllenhaal dá vida à Louis Bloom, um “sociopata funcional” que é o perfeito exemplo daquele cara inteligente que foi extremamente bem sucedido na “escola da vida” e encontrou um trabalho no qual ele é excelente apesar de não ter nenhuma educação formal no assunto. Numa noite comum em meio a pequenos golpes que sustentavam sua vida já baseada na falta de noção da diferença entre “certo” e “errado”, Louis se depara com um abutre, uma  figura que vaga pela cidade em busca de alguma tragédia para filmar e vender para os noticiários.

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , ,