E o Oscar já foi…

A entrega dos Academy Awards coloca de vez um ponto final na temporada de premiações 2015. Mas pra gente poder seguir em frente e começar a se preocupar com a Award Season 2016, vamos comentar o evento.

oscar neil

De modo geral o resultado foi bastante satisfatório, não? Com nenhum prêmio entregue para alguém que não merecesse, a premiação também se permitiu não ser completamente previsível a ponto de ficar interessante. Sem grandes injustiças, sobra apenas espaço para algumas decepções justificáveis apenas por razões que a própria razão desconhece.

Com “Birdman” vencendo merecidamente por melhor filme, me resta apenas um motivo de lágrimas: precisavam também premiar Alejandro como Melhor Diretor e deixar o meu Linklater voltar para casa sem nada? Confesso que fiquei um pouco frustrada pela academia ter perdido a mais sólida oportunidade que já teve para fazer justiça e finalmente honrar o trabalho de Linklater.

gif 2

Mas em geral o ano foi bom sim, bola pra frente porque Alexandro fez de fato um belo trabalho e mereceu seu prêmio. As maravilhas técnicas de “Whiplash” e “O Grande Hotel Budapeste” foram reconhecidas e finalmente a incrível Julianne Moore foi premiada. Wes estava uma graça na premiação e Sniper não ganhou, nem o Bradley Cooper. Então tudo bem.

Quanto ao show, confesso que fiquei bastante apavorada com a abertura musical chatíssima e temi que o show fosse todo marcado por esse tipo de número. Quando começou então a apresentação da tal música do Lego que atingiu um nível de vergonha alheia sem precedentes e os bailarinos que deveriam nos remeter aos brinquedos mais pareciam o novo ensemble do Village People, confesso que cheguei no fundo do poço em termos de desespero.

gif 3

Tudo isso só para eu ser arrebatada em seguida pelo maravilhoso número de “Selma”, que deve ter sido a melhor apresentação musical da história do Oscar recente e definitivamente vai me fazer rever o meu ódio imediato a esse tipo de performance. A canção (ainda bem) saiu vitoriosa. Outro momento musical bacana foi a homenagem feita aos 50 anos de “A Noviça Rebelde” com um medley de algumas das ótimas canções do filme interpretadas por uma doce Lady Gaga, que rendeu o momento mais emocionante da premiação ao se encontrar com Julie Andrews.

Foi muito legal da parte do apresentador Neil Patrick Harris deixar bastante claro desde o primeiro momento que o Oscar desse ano foi branco como não era há muitos anos. Mas talvez tenha sido um pouco excessivo insistir várias vezes na piada de que David Oyelowo não foi indicado, achei levemente constrangedor e desnecessário, afinal o recado já estava dado. E por falar em recados, alguns dos vencedores deram um verdadeiro show em seus discursos que abordaram questões relevantes ao papel social das mulheres, negros, imigrantes e deficientes. Arte não é só entretenimento, e é função social do artista usar sua visibilidade para tentar melhorar o mundo.

oscar meryl

Basicamente foi isso o que aconteceu. Devo fazer algum post sobre os meus looks prediletos que passaram pelo red carpet e vocês podem acessar todos os demais textos sobre os filmes premiados a partir dessa lista AQUI . Agora bora se preparar pra próxima!

oscar

 

 

 

Anúncios
Etiquetado , , , ,

2 pensamentos sobre “E o Oscar já foi…

  1. Thiago Tsutsui disse:

    Que decepção o Neil Patrick Harris. Achei que ia ser tão bom quando foi no Tony Awards.

  2. […] O Oscar foi transmitido no domingo, dia 22. Você pode ver o que aconteceu na premiação AQUI. […]

O que você pensa sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: