O Parque dos Dinossauros – A melhor pior ideia de todo os tempos

Se existe um ser humano que esteve envolvido de alguma forma em quase todos os filmes muito legais, esse homem é Steven Spielberg. Seja como produtor ou diretor, o inventor do blockbuster foi responsável por significativas mudanças no ato de fazer cinema, e um belo exemplo disso é o já clássico “Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros” (Jurassic Park – 1993).

jurassic park 2

O longa conta a história de John Hammond (Richard Attenborough), um rico empreendedor que idealizou um parque com dinossauros vivos, custeando a técnica necessária para obter isso. Depois de um “acidente” envolvendo as tais entidades biológicas, a seguradora exigiu a opinião de especialistas para autorizar a abertura da atração. E assim uma improvável equipe foi convidada à desbravar o Jurassic Park.

A experiente direção do filme envolve completamente o espectador enquanto transita entre o deslumbramento e o pavor provocados pelos dinossauros. O ótimo roteiro de David Koepp e Michael Crichton (autor do livro que inspirou o longa) abre a possibilidade para vários debates éticos e explica suficientemente a parte científica da trama para não ser bobo, mas sem jamais se perder em especificações técnicas num enfadonho mambo jambo, resultando em uma das aventuras mais divertidas da Terra.

jurassic park

22 anos atrás Steven Spielberg chocou audiências ao dar vida e credibilidade à criaturas ancestrais introduzindo o uso massivo da computação gráfica em um nível que até então era considerado impossível. Se hoje é raro encontrar algum filme de grande bilheteria que não faça uso desse recurso, em 1993 a mistura de autômatos altamente realistas com tecnologia CGI que permitia que eles se movimentassem organicamente – e corressem atrás de você – foi provavelmente um dos maiores acontecimentos da década.

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Um pensamento sobre “O Parque dos Dinossauros – A melhor pior ideia de todo os tempos

  1. […] você, como eu, cresceu amando Jurassic Park e não tem tanta vergonha de admitir que se divertiu com as continuações ruins, você também […]

O que você pensa sobre isso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: