Arquivo da tag: 2015

Caráter e um pouquinho de mágica: o novo e ótimo filme da Cinderela

Poucas coisas fazem menos sentido do que essa moda de recontar os contos de fadas. Com roteiros mal trabalhados e direção sem brilho, esses filmes surgiram do nada e praticamente ninguém gosta de fato deles, parece até que só existem para nos irritar e destruir as histórias que amamos. Ou pelo menos essa era a situação até agora.  Pra acabar de vez com essa maré de azar, Disney fez sua mágica e convocou a mais nobre de suas monarcas: “Cinderela” (Cinderella – 2015).

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

O Pantone inteiro de tons de cinza

Pois enfim fui ver o tal “Cinquenta Tons de Cinza” (Fifty Shades of Grey – 2015). O filme que se originou da série de livros que até me enganou com esse nome bacanérrimo – pra quem não sabe, “shades of grey” é uma expressão utilizada em inglês quando se quer dizer que as vezes as coisas não são tão radicais, preto no branco, etc. – mas que na verdade é tudo uma grande bobagem.

50 shades

Não contente em ter cinza no título e no nome do cara, o filme nos lembra constantemente do que estamos assistindo porque TUDO é cinza. Tudo. As gravatas do Sr. Grey, a casa do Sr. Grey e até a bolsa Prada da mamãe Grey, nada foge da monótona paleta de cores frias. O filme, que mais parece um especial de duas horas de algum programa de decoração de interiores, passeia pelo closet, pela casa e pelo escritório do Sr. Grey e nos deixa chocados de que todo esse ambiente de “sala limpa” e rigor digno de T.O.C seja cenário para o pornozinho pop dessa geração.

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , , , , ,