Arquivo da tag: Musical

Os longos “Caminhos da Floresta”

Vocês já andaram em um labirinto? Dependendo do tamanho da estrutura, em certo ponto, por mais bobo que isso pareça ser, é inevitável pensar se você de fato vai conseguir sair dali. Sensação parecida é provocada por “Caminhos da Floresta” (Into the Woods – 2014), um filme de apenas duas horas que magicamente parece durar oito. Nesse novo jeito de Hollywood de fazer musicais – cujo expoente máximo é “Os Miseráveis” (Les Misérables -2012) o objetivo parece ser mesmo vencer o espectador pelo cansaço.

into the woods emily

O prelúdio – onde um menininho canta sobre como queria que a sua vaca desse leite – já dá a dica: o musical vai ser daquelas dolorosas óperas modernas onde até mesmo o mais trivial dos diálogos sente a necessidade injustificável de se converter em música.

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

A vida de Elis Regina chega aos palcos paulistas em Março

Hoje vi que as opções de teatro ficarão mais legais…

Elis foi e ainda é um dos grandes ícones da nossa MPB.  Influenciada pelas grandes divas do rádio, foi revelada nos festivais dos anos 60 e fez uma bela carreira no rádio e na televisão tendo agora sua vida transformada na peça “Elis, a Musical” (trocadilho entre a tradução literal do inglês para “o musical” e a musicalidade nata da Pimentinha), em cartaz durante derradeiras semanas no  Teatro Oi Casa Grande (a apresentação final acontece dia 2 de Março).

Após encerrar sua temporada no Rio o musical chega em São Paulo no dia 14 de Março no Teatro Alfa, onde deve permanecer até 13 de Julho.

Apesar da conturbada morte precoce da cantora e de seus vícios, o musical foge de temas considerados polêmicos e se foca na Elis como mulher e artista, percorrendo sua vasta contribuição ao repertório nacional. Como não poderia deixar de ser, também figuram na peça outros ícones da cena musical da época como Tom Jobim e Vinícius de Moraes.

A peça promete ser não só uma opção muito agradável de programa mas também uma oportunidade de se conhecer melhor a música popular brasileira através daquela que foi a sua maior estrela.

Conclusão: se eu fosse você me programaria para ir.

Etiquetado , , , , , , , , ,